Reprodução de imagem VNews Filiada TV Globo
Homem de 45 anos passou 11 horas dentro de um poço, com profundidade de 8 metros, na zona rural de Jacareí, a 82 km da capital paulista. Ele só foi salvo porque um cachorro ouviu os gritos de socorro da vítima e deu o alerta. A vítima foi resgatada pelos bombeiros.
A queda ocorreu na noite de domingo. Na manhã de segunda, o cachorro 'Negão' começou a latir, chamando atenção do dono, o lavrador Ricardo de Almeida, que trabalha em uma fazenda. Alertado pelos latidos, Almeida ouviu o pedido de socorro. Os gritos vinham de dentro de uma mata.
- Escutei que o grito vinha de um lugar que meu irmão falou que era um antigo poço, que estava destampado, então, podia ser lá - disse o lavrador.
Para ajudar no trabalho de resgate dos bombeiros, os lavradores passaram um trator na área, que era de mata fechada, até o local onde fica o poço. Após o resgate, o buraco foi coberto com pedras e terra, por medida de segurança.
Por ter ficado mergulhado na água, a vítima apresentava um quadro de hipotermia, que é quando o corpo fica com temperatura muito abaixo do normal.
- Ele estava consciente. Estava tremendo muito, muito frio, mas ele saiu bem - disse o lavrador.
O tenente do Corpo de Bombeiros Alexandre Veloso afirmou que um bombeiro desceu no poço e foi feito içamento da vítima. O homem permanece internado, mas ainda não se sabe o que fazia na mata.

Fonte: Globo.com