Levar o animal de estimação para o trabalho é uma prática comum em países como Estados Unidos e Canadá, mas no Brasil algumas empresas resolveram aderir à novidade.

Para especialistas, ter um animal de estimação como mascote no ambiente de trabalho pode ser positivo para o rendimento dos funcionários.