Milene e Ronald foram algumas vezes ao Pacaembu para ver jogos do
Corinthians no período em que Ronaldo defendeu o clube, em 2009 e 2010
A apresentadora Milene Domingues afirmou nesta terça-feira (19) que passou "por tonta" durante boa parte de seu casamento com Ronaldo, que durou de 1999 a 2003, aceitando a infidelidade do Fenômeno para evitar o sofrimento do filho do casal, Ronald.
Em entrevista no programa da apresentadora Hebe Camargo, na RedeTV!, Milene, que participa de um programa esportivo na mesma emissora, afirmou que tinha medo de encerrar o casamento e prejudicar o crescimento do filho.
- Eu fiquei quase quatro anos casada, mas casada realmente foram só dois. Eu demorei quase dois anos para entender que a figura paterna para o Ronald ia existir, de uma forma ou outra, Nós não precisaríamos estar juntos e eu passando por tonta.
Ronaldo e Milene se casaram em 1999, logo depois de ela engravidar de Ronald. O divórcio veio em 2003, mas ela conta que sempre se esforçou para não prejudicar a imagem de Ronaldo diante do filho.
- Tomei cuidado para que o Ronald não tivesse nenhum pensamento ruim do pai por mim. Tudo o que ele pensar do pai, que seja por ele, pelo que ele sentiu e conviveu, e se eu puder ajudar que eles tenham uma relação boa, vou ajudar.