Está na hora de impor penas mais severas para o crime de maus tratos a animais. Cadeia por mais de seis anos, e  multa R$ 500.000,00. E vou dizer para mim isso ainda é pouco; pois mesmo assim não irão aprender a ter respeito a VIDA.



O dono de um cachorro amarrou o animal ao engate de seu carro e arrastou o bicho por 400 m em Botucatu, interior de São Paulo neste sábado (6).


O motorista só parou quando quando foi interceptado por guardas da GCM (Guarda Civil Metropolitana).


De acordo com a GCM, o motorista contou que amarrou o cão pela coleira para ele não fugir e esqueceu de soltar o bicho antes de arrancar com o carro.


Machucado nas quatro patas, o cachorro foi levado pelos agentes ao Hospital Veterniário da Unesp.


Já o motorista foi encaminhado a Delegacia de Botucatu e foi registrado boletim de ocorrência por abuso de animal. 


 
Outra vítima, Outro caso
Um caso parecido ocorreu em Porto Alegre, quando o idoso Alceu Pozzatti, de 78 anos, amarrou um cachorro ao pára-choque do seu Fusca e o arrastou por uma rua.


"Mimoso" que recebeu este nome da comunidade, sobreviveu.


O Cão foi socorrido e sobreviveu. Como a contravenção de maus-tratos a animais prevê detenção máxima de 2 anos e o idoso não tinha antecedentes criminais, ele teve a opção da transação penal. Ao invés de responder a um processo, pagou uma cesta básica de R$ 100 a uma entidade assistencial, e a questão foi encerrada.