Cachorro é resgatado em morro de Santos SP (Foto: Reprodução/TV Tribuna)

Bombeiros resgataram dois cachorros que se acidentaram no morro Santa Terezinha, em Santos, no litoral de São Paulo, na tarde deste sábado (27). Um cachorro ficou pendurado por uma bromélia e o outro acabou escorregando pelas pedras no morro. Mas, ambos foram resgatados e passam bem.
Na região das pedras do morro Santa Terezinha, os latidos chamaram a atenção dos moradores, que ligaram para o Corpo de Bombeiros de Santos para o resgate. Um cão estava pendurado somente com a ajuda de uma bromélia. Outro cão já havia caído morro abaixo.
Uma equipe de sete homens precisou descer o morro de rapel para alcançar o cão. “Fizemos quase 80 metros de corda para acessar o animal, depois para tracionar também. O bombeiro teve que fazer praticamente um zigue-zague lá embaixo, isso dificulta muito na hora de puxar”, explica o tenente do Corpo de Bombeiros Renato Abreu do Carmo.
Ainda pendurado pela planta, por mais de dez vezes o animal tentou subir, mas a pedra estava molhada e as patas escorregavam em todas as tentativas. A preocupação era que, nestas tentativas, o animal acabasse caindo. Até que o bombeiro finalmente conseguiu prender o animal em cintas junto ao corpo. O cachorro ficou paralisado com o susto, mas passa bem. “Ele está bem assustado, um pouco machucado, mas ele não dificultou não. Parece que sentiu o perigo, então colaborou com a gente”, afirma o bombeiro José Martins.
Foram cerca de quatro horas de trabalho. Uma moradora se sensibilizou com o caso e, antes mesmo do fim dos trabalhos já tinha ligado para um médico veterinário. Ao descer, a equipe ainda andou pela mata que fica embaixo do morro. A segunda surpresa boa do dia: o cachorro que caiu foi encontrado em um cantinho, nos fundos de uma casa, com a pata quebrada. “O importante é trazer uma vida, e o cachorro é uma vida. A gente nem sente o tempo passar e quer fazer da melhor forma possível, esse é nosso trabalho, nossa missão”, finaliza o bombeiro.